quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

ELE ACEITA NOSSA ADMIRAÇÃO, MAS QUER NOSSA AMIZADE!


Há tempos em que os pais se satisfazem em que os filhos os admirem e falem deles como seres bons e heróicos...

Depois de um tempo, todavia, tal admiração só os gratificará se expressar-se como relação, amizade e convívio de qualidade.

O nosso Pai que está nos Céus aceita o tempo de nossa admiração por Ele em razão de Seu Heroísmo Divino, como o Deus Maior, como o Todo-Poderoso!...

Porém, depois de um tempo, Ele espera que nossa admiração se torne amor confiante, desejo de intimidade, amizade.

Ou seja: um viver/existir Nele!

Sim, e um viver de tal modo consciente de ser Nele que não haja mais necessidade de que Ele nos faça nada a mais [...]

Isto acontece apenas quando Ele mesmo torna-se nosso tesouro, herança, galardão e recompensa de existir.

O Todo-Poderoso quer apenas ser Pai e morar na casa/ser dos filhos que Nele também fazem seus ninhos [...] e que Nele têm todo o seu prazer!

Que como filho seja Esse o seu sonho hoje e todos os dias de sua vida! — tanto em relação ao Pai como em relação aos seus pais; hoje e sempre. Amém!

Nele, que apenas quer ser meu amigo,


Caio

26 de dezembro de 2009

Copacabana

RJ

Nenhum comentário: