quinta-feira, 14 de maio de 2009

O QUE CREIO SER O CAMINHO, PRA QUEM PENSA EM SER DO CAMINHO - Por Marcos Venâncio

O Caminho não é uma instituição religiosa. O Caminho não é cristianismo, nem qualquer outro "ismo" que tenha se tornado ou venha se tornar uma confraria de iluminados ou instituição religiosa. Muito menos será ajuntamento de "santos" em seus templos/mosteiros feitos para amontoar pedras de sal cristalizado. O Caminho não é um lugar. Não é um clube. Não é uma reunião de crentes em um ou mais dias da semana que cantam, oram e ouvem um pregador. O Caminho não é uma igreja ou denominação evangélica. Muito menos um movimento de reforma das igrejas evangélicas.

O Caminho é Jesus. Jesus dentro de mim e de você hoje. O Caminho é a Verdade aqui e agora. É um indivíduo andando naquele que é o Verdadeiro, em quem não há mentiras, nem enganos e que convida a todos para assumirem corajosamente diante de Deus suas verdades mais íntimas. Assim, o Caminho é um retirar de véus e máscaras todos os dias. O Caminho sou eu aprendendo com Jesus a ser cada vez mais eu mesmo, autêntico, verdadeiro, como Ele É. É você sendo liberto de seus muitos cosméticos, de seus muitos hologramas projetados para os outros. É você tendo coragem de ser você agora e onde estiver.

O Caminho é a Vida. Ele acontece enquanto se vive, enquanto se vai, enquanto se vem, enquanto se chora, enquanto se ri. O Caminho se revela enquanto trabalho, estudo, sofro, canso, me assusto, assumo, recuo, sonho, encontro, desencontro, erro, acerto, compreendo e não compreendo, confesso. O Caminho se vive durante a vida, com seus altos e baixos, enquanto descanso naquele que é a minha Vida e que tem o controle de todas as coisas. O Caminho é sal dissolvido. misturado, desaparecido, porém, dando sabor a terra. Ser do Caminho é aprender ser discreto, porém, inconfundível de Deus.

O Caminho sou eu e você seguindo Jesus pro lado de dentro. Sou eu e você crendo e obedecendo pela fé, ouvindo Jesus dizer todo dia à consciência: Segue-me! Levanta, toma o teu leito e anda! Entra no quarto, fala em secreto! Torne-se como uma criança! Perdoe 70 x 7 hoje! Não temas! Lázaro, Marcos, Maria, Cristina, Ângela, seja quem for, VEM PARA FORA! Aproxima-te desta carruagem! Espera em Jerusalém até que do alto sejas revestido de poder! Venha a mim! Aprendei de mim! Agora, ide e pregai! Arreda satanás, pois cogitas das coisas dos homens e não de Deus! Hipócrita! Sepulcro caiado! Arrependei-vos! O Reino está dentro de vós! Vai, vende tudo o que tem e dá aos pobres! Dá-me de beber! Come da minha carne e bebe do meu sangue! Está consumado! Tudo isso, enquanto se vai, enquanto se vive, enquanto se descansa e confia, hoje.

Ser do Caminho é aceitar um chamado para o encaramento de amar e perdoar o homosexual, a prostituta, o assassino, os assumidos e os travestidos de pastores, de padres, de líderes, de regentes, de ovelhas, de piedosos e de santarrões, uma vez que estas, potenciais ou latejantes pulsões podem estar escondidas dentro de mim ou de você mesmo(a), de tal maneira que se alguém julga estar em pé, cuide de si mesmo para que não caia. Ser do Caminho é aceitar o mandamento de amar o pobre, o rico, o jovem, o velho, o branco, o negro, o publicano, o político, o estrangeiro, porque eles não são rótulos, são seres humanos. Ser do caminho é ter a coragem de perdoar-se e aceitar o perdão universal de Deus para o mundo inteiro. É decretar paz ao seu próprio coração dizendo: a partir de hoje, creio que estou pardoado, portanto, está todo mundo perdoado!

Ser do Caminho é deixar de viver na idiotice inconsequente de tentar identificar, acusar e arrancar o joio, correndo o risco de estar matando assim, também o trigo. É também, certificar-se no coração da única questão que realmente importa, a saber: SE EUUUU DE FATO SOU TRIGO... e a medida em que esta consciência for crescente em meu favor, vou me tornando cada vez mais trigo, para que o joio deseje ardentemente ser trigo também, posto que, para Deus nada é impossível e, se é possível para Deus transformar meus joios interiores em trigo todos os dias, acredite, é possível também, pra qualquer ser humano.

Assim, o “Caminho da Graça” é um movimento de subversão do Reino de Deus na terra, começando dentro de cada indivíduo que crê na semente regeneradora do Evangelho.

As reuniões no “Caminho da Graça” são apenas ajuntamentos simples, voluntários e desejados, em torno do Evangelho simples, e por causa do Evangelho que é Jesus. É o encontro daqueles que foram chamados para fora dos portões, para serem sal enquanto vão caminhando na vida. É Simples assim!

Portanto, se é isto é verdade também para o seu coração, venha e verá! Se não for, é melhor nem por a mão neste arado, do que pondo, ficar olhando para trás.

Nele, que é o único Caminho

Marcos Venancio

Nenhum comentário: