segunda-feira, 10 de setembro de 2007

No stress


Em nosso encontro de 05 de setembro a mensagem do Senhor veio através da leitura do texto que se encontra em II Samuel 7. A primeira reflexão esteve relacionada aos versos de 01 a 05:

"... Sucedeu que, habitando o rei Davi em sua própria casa, tendo-lhe o SENHOR dado descanso de todos os seus inimigos em redor, disse o rei ao profeta Natã: Olha, eu moro em casa de cedros, e a arca de Deus se acha numa tenda. Disse Natã ao rei: Vai, faze tudo quanto está no teu coração, porque o SENHOR é contigo. Porém, naquela mesma noite, veio a palavra do SENHOR a Natã, dizendo: Vai e dize a meu servo Davi: Assim diz o SENHOR: Edificar-me-ás tu casa para minha habitação? ..."

Teria o profeta Natã agido com precipitação ao responder a Davi "Vai, faze tudo quanto está no teu coração, porque o SENHOR é contigo" ?

Certamente não.
Natã sabia o que muitos cristãos não sabem hoje: o princípio fundamental de quem tem a vida nas mãos de Deus. Quem crê está tranquilo quanto a ser guiado pelo Espírito Santo e vive na paz. Esse princípio é: "Vai, faze tudo quanto está no teu coração, porque o SENHOR é contigo."

Nada é mais simples e reconfortante.

Se você já entregou sua vida a Cristo, se mantém comunhão com Ele, se é guiado pelo Espírito Santo, não há o que temer.

Obviamente a vida é cheia de escolhas, de erros e acertos. Isso faz parte do processo que se chama AMADURECIMENTO. É assim que as pessoas tornam-se adultas e foi Deus quem nos fez com essa característica. Mas algumas pessoas tem muito medo disso.

Há quem viva aflito atrás de profecias, palavras especiais, visões, sonhos... sinais de Deus que lhes exima do trabalho de pensar e fazer escolhas. Nem todos entendem que somos livres para sentir, desejar e planejar.
Claro que todos os nossos desejos devem ser apresentados em oração diante de Deus em um gostoso abrir de coração; em um diálogo aconchegante de pai para filho. Se algo estiver errado certamente Ele nos dirá.

Você crê nisso?

Davi não estava buscando profecia quando conversou com Natã. Apenas abriu o coração falando de um desejo SEU e Natã respondeu com um princípio básico de deveria reger a vida de todo aquele que professa crer na direção divina. Vá tranquilo, não esquente! O Senhor não é contigo? Tudo bem, filho."

Claro que esse é o princípio geral. Existem questões em nossas vidas para as quais os planos de Deus em relação a nós não nos parecem muito claros, a princípio. Nem tudo conseguimos ler expresso na Bíblia com todas as letras. Também temos que admitir que nem todo o pendor do nosso coração está, necessariamente, dentro dos planos de Deus para nós.

E aí? O que fazer?

Apenas mantenha um relacionamento claro, ininterrupto e prazeroso com o Senhor e Ele mesmo te dirá: "Nesse caso não, meu filho. Tenho outros planos para você."
Foi assim com Davi.

Repetimos: o profeta Natã não se precipitou, apenas usou da sabedoria constante em um princípio geral. E é lindo observar que quando esse princípio geral não se aplica a um caso concreto, o próprio Deus se incumbe de nos mostrar o caminho correto. No caso de Davi o Senhor mandou que Natã retornasse e lhe dissesse que se alegrara com o desejo amoroso de seu servo (de constuir um tempo ao Senhor) mas que essa missão não era para ele, mas para seu sucessor.

Nem Davi nem Natã estavam aflitos buscando uma palavra para o caso. Mas a palavra de Deus veio a eles de uma forma clara e específica quando foi necessário.

Simples assim.

Isso é para nós também.

Isso é para você.


Descansa no Senhor. Entregue a Ele o teu caminho e o mais, Ele mesmo fará.


Cristina Faraon





Nenhum comentário: